Sofrimento do Floral Beech

PALAVRAS DO BEECH:
Intolerância: Quando a vontade de poder nos coloca na posição de julgadores, superiores em perfeição. A crítica passa a ser o canal de comunicação e de troca interpessoal. O olhar para fora nos distancia da nossa própria realidade íntima, bem como de nossos erros ou imperfeições. Perdemos a humanidade e a ligação com a Unidade. Ao tolerar somos capazes de conviver com o diferente.
Arrogância: O único critério aceito para julgar os valores humanos, é o grau em que num indivíduo se tenha desenvolvido o sentimento social. Por isso precisamos refletir sobre a crença limitante de que somos mais, de que estamos acima dos outros, donos das verdades e da perfeição. Julgamos ser o que não somos e a conseqüência é que o outro não é desejado enquanto outro. O arrogante considera como ser o que não tem ser, pois vive na ilusão em relação a si mesmo. O oposto é aceitarmos o ser sabendo que o que somos agora não está acabado; ainda temos de nos tornar o que somos.
Inflexibilidade: Ser flexível não quer dizer perder a personalidade, mas ser mais acessível à compreensão das coisas e pessoas, principalmente a si mesmo. É saber ouvir mais atentamente antes de interromper como se fosse dono da verdade ou como se houvesse apenas um caminho a seguir.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>